ODRES NOVOS – Cheios de água!

ODRES NOVOS – Cheios de água!

ODRES NOVOS – Cheios de água!

 ts-awesome-cloud-download Lição 2 – Download

“Ninguém põe vinho novo em odres velhos. Se alguém fizer isso, os odres rebentam, o vinho se perde, e os odres ficam estragados. Por isso, vinho novo é posto em odres novos” (Mc 2.22).

 

Você sabe para que servia (ou serve) um odre?  O dicionário bíblico define da seguinte forma: ”ODRE- Vasilha feita com o couro inteiro de um animal. Servia para guardar ou transportar líquidos (Mateus 9.17; pronuncia-se ôdre). “ Dentre os líquidos que o odre era utilizado para transportar, quero destacar três deles: a água, o azeite e o vinho, nessa ordem.

A PALAVRA DE DEUS – A ÁGUA QUE NOS PURIFICA.

Efésios 5:26 – Para santificá-la, purificando-a pelo lavar da água na palavra. 

João 17:17 – Santifica-os em Sua verdade; Sua palavra é verdade.

Em várias partes da Bíblia, a palavra de Deus é comparada com a água; a água que lava e purifica. Como odres novos, precisamos ser usados para carregar em nós a palavra de Deus.  Para isso, devemos encher nosso pensamento com a palavra de Deus.   

Em Romanos 12.2, Paulo escreveu: “não vos conformeis com este mundo, mas transformai-vos pela renovação da vossa mente, para que experimenteis qual seja a boa, agradável, e perfeita vontade de Deus“. Vejam bem, ele diz que temos que ser transformados pela renovação da nossa mente.   E Paulo disse isso, pois sabia que os pensamentos contaminam todo nosso corpo o colocam em pecado nosso viver, levando a alma a cobiçar aquilo que desagrada a Deus.  O apóstolo aqui, não diz para sermos transformados pelo jejum, pelas boas obras ou pela fé.  Mas diz para sermos transformados, ou seja, convertermos os nossos pensamentos. 

Outro texto ainda, bem interessante sobre esta questão, está em Filipenses 4.8: “Quanto ao mais, irmãos, tudo o que é verdadeiro, tudo o que é honesto, tudo o que é justo, tudo o que é puro, tudo o que é amável, tudo o que é de boa fama, se há alguma virtude, e se há algum louvor, nisso pensai”. Mais uma vez a Bíblia nos ensina sobre o pensamento.  Uma vez que “povoamos” a nossa mente, os nossos pensamento com a palavra de Deus, quando as lutas surgem, quando os problemas aparecem, quando o dia mal nos alcança, não somos abalados porque em nós está plantada a palavra de Deus e o Espírito Santo que nos guia em toda a verdade (Jo 16:13), fortalece a nossa fé coma as promessas de Deus para a nossa vida.

A Bíblia é escrita como uma carta pessoal a você. Deus fala com você, ministra às suas necessidades e o direciona no caminho que você deve seguir por intermédio da Palavra escrita. Ele lhe diz o que fazer e como viver.   É um erro pensar que podemos ouvir claramente a voz de Deus sem passar tempo com sua Palavra.   Conhecer a Palavra escrita o protege do engano. Querer ouvir a voz de Deus sem dedicar-se a passar tempo com a Palavra regularmente abre uma porta para ouvir vozes que não são de Deus.  Haverá momentos nos quais Deus lhe dirá algo que não estará em capítulo ou versículo específico da Bíblia, mas sempre estará em concordância com sua Palavra.  Nesta noite, passe tempo lendo uma porção da carta pessoal que Deus lhe enviou e permita que Ele fale ao seu coração. A Palavra de Deus é um dos bens mais preciosos que você possui. Valorize-a.

OUVINTES PRATICANTES!

Sabemos que o conhecemos, se obedecemos aos seus mandamentos. Aquele que diz: “Eu o conheço”, mas não obedece aos seus mandamentos, é mentiroso, e a verdade não está nele. Mas, se alguém obedece à sua palavra, nele verdadeiramente o amor de Deus está aperfeiçoado. Desta forma sabemos que estamos nele: aquele que afirma que permanece nele, deve andar como ele andou. (1João 2.3-6)

O apóstolo Tiago nos dá um conselho em sua carta, no capítulo 1, a partir do verso 22, ele diz: “E sede cumpridores da palavra, e não somente ouvintes…”.

O exemplo que Tiago dá para aqueles que são ouvintes e não praticantes da Palavra, é bastante interessante, ele usa a simples e comum prática de se olhar no espelho e contemplar o rosto, ai você contempla e depois se esquece, e de fato é isso que acontece com os que não praticam a palavra de Deus, eles ouvem e não praticam e assim acabam esquecendo do que lhes foi ensinado.  Já os que ouvem e praticam fazem como os bons alunos na escola, prestam atenção, aprendem e aplicam o que aprenderam e assim são bem sucedidos no que fazem. Sendo assim os que ouvem e praticam vivem a palavra de Deus em sua vida e persevera nela.

O Senhor Jesus também vai dar um exemplo sobre quem pratica suas palavras. Lá no capítulo 6 do livro de Lucas do versículo 47 ao 49. Ele vai explicar que os que ouvem as palavras dEle e praticam são como o homem que edificou a casa sobre a rocha e vieram as “circunstancias” do tempo, mas ele continuou em pé.  Já o que ouviu e não praticou edificou a casa sobre a areia e as mesmas circunstâncias do tempo vieram sobre a casa e ela caiu.

Todos nós desejamos que situações e relacionamentos mudem, mas nada mudará em nossa vida sem o conhecimento da Palavra de Deus. Em Oséias 4.6, Deus diz: “Meu povo é destruído por falta de conhecimento”. Que venhamos a ser semelhantes ao homem que edifica a casa sobre a rocha, que ouve as palavras do Senhor e as pratica. E que possamos a cada dia estarmos firmados no caminho e na vontade do Senhor.

Aplicando a lição:

Classificando de 0 a 10, qual nota você daria a você mesmo para a sua vida de leitura bíblica diária?  Você está satisfeito com essa nota?  Se não, o que você pode fazer para melhora-la?

Alguma vez você tomou uma decisão com base em uma resposta de Deus em Sua palavra? Comente o resultado!

COMMENTS (1)
Responder

Uma excelente lição que abençoou muito a minha vida!

Deixe um comentário

Comentário (obrigatório)

“Não saia da vossa boca nenhuma palavra torpe, e sim unicamente a que for boa para edificação, conforme a necessidade, e, assim, transmita graça aos que ouvem.” Efésios 4.29

Nome (obrigatório)
Email (obrigatório)