“… Se não desanimarmos.”

“… Se não desanimarmos.”

Neste tempo de caminhada no evangelho tenho descoberto que um dos maiores inimigos dos crentes chama-se DESÂNIMO.

O apostolo Paulo nos orienta em Gálatas 6:9: ” E não nos cansemos de fazer o bem, pois no tempo próprio colheremos, se não desanimarmos.”

Por mais que a gente saiba que Deus está conosco, muitas vezes somos tomados pelo desânimo. Isso pode acontecer quando nos decepcionamos com as pessoas, quando acreditamos que as nossas orações não são respondidas ou simplesmente quando as coisas não saem do jeito que planejamos. Eu entendo que a nossa natureza humana nos leva ao desânimo por diversos fatores, mas esse sentimento não deve habitar em nós, pois prejudica muito a nossa vida espiritual. Certa vez o pastor norte-americano Billy Graham disse que “Deus nunca usa um cristão desanimado“. E isso é muito sério, pois Deus tem uma missão muito importante para nós! Veja:

Vocês são o sal da terra. Mas se o sal perder o seu sabor, como restaurá-lo? Não servirá para nada, exceto para ser jogado fora e pisado pelos homens. Vocês são a luz do mundo. Não se pode esconder uma cidade construída sobre um monte” (Mateus 5:13-14).

A Bíblia conta que o rei Davi cometeu o pecado do adultério e isso o abalou profundamente, trazendo muito desânimo. Além do sentimento de culpa por ter pecado, durante muito tempo, Davi não tinha mais forças para seguir em frente e continuar sua caminhada. Por isso ele clamou ao Senhor:

Cria em mim um coração puro, ó Deus, e renova dentro de mim um espírito estável. Não me expulses da tua presença, nem tires de mim o teu Santo Espírito. Devolve-me a alegria da tua salvação e sustenta-me com um espírito pronto a obedecer. Então ensinarei os teus caminhos aos transgressores, para que os pecadores se voltem para ti” (Salmos 51:10-13).

Davi entendeu que não poderia continuar vivendo daquele jeito e que se continuasse desanimado, ele não conseguiria ser uma bênção na vida das pessoas. Afinal, como ele poderia falar de um Deus que perdoa as falhas das pessoas, se ele mesmo não recebesse o perdão e se perdoasse?  Como ele poderia dizer aos outros que Deus cura, liberta e dá alegria, se ele mesmo não estava vivendo isso? Por isso ele clamou a Deus pedindo alegria, para vencer aquele desânimo e continuar a sua caminhada.

Há um outro homem da Bíblia que também foi tomado pelo desânimo e quase abandonou os planos de Deus: Gideão. (Leia Juízes 6: 1-16). Na época de Gideão, Israel estava em guerra e sofria muitas perseguições e humilhações de seus inimigos (assim como você pode estar vivendo agora), e ele não teve coragem de enfrentar os problemas. Veja:

Então o Anjo do Senhor veio e sentou-se sob a grande árvore de Ofra, que pertencia ao abiezrita Joás. Gideão, filho de Joás, estava malhando o trigo num tanque de prensar uvas, para escondê-lo dos midianitas” (Juízes 6:11).

Diante de todo aquele sofrimento, Gideão já estava cansado de lutar, assim como acontece conosco quando enfrentamos muitas lutas. O inimigo parece ser tão grande que nós preferimos nos esconder do que enfrentá-lo. Mas há uma saída! Veja através dessa experiência de Gideão, como você pode vencer o desânimo:

1º)  MUDE A SUA ATITUDE

Deus queria usar Gideão para derrotar os inimigos do seu povo, mas para isso ele precisava mudar sua atitude diante daquela situação. Ele não poderia continuar naquele desânimo, e por isso o Senhor disse a ele:
Então o anjo do Senhor apareceu a Gideão e lhe disse: ‘O Senhor está com você, poderoso guerreiro’” (Juízes 6:12).

Quando o anjo o chamou de poderoso guerreiro, ele estava mostrando a Gideão que ele não era fraco ou incapacitado. Deus estava com ele e com isso ele deveria se levantar, usar a sua fé e não se apoiar nos seus sentimentos. Você precisa fazer o mesmo! Mesmo que você se sinta desanimado e com medo de enfrentar a vida, você deve ignorar o que você sente e tomar uma atitude de fé.

2º) SIMPLESMENTE OBEDEÇA

Em seguida, Gideão quiser saber o porquê de todo aquele sofrimento:
“’Ah, Senhor’, Gideão respondeu, ‘se o Senhor está conosco, por que aconteceu tudo isso? Onde estão todas as suas maravilhas que os nossos pais nos contam quando dizem: Não foi o Senhor que nos tirou do Egito? Mas agora o Senhor nos abandonou e nos entregou nas mãos de Midiã’” (Juízes 6:13).
Mas Deus não o respondeu. Apenas lhe deu uma ordem: “O Senhor se voltou para ele e disse: ‘Com a força que você tem, vá libertar Israel das mãos de Midiã. Não sou eu quem o está enviando?’” (Juízes 6:14). Nós temos o péssimo hábito de querer saber o motivo de tudo o que acontece, mas, às vezes, Deus espera que a gente simplesmente obedeça. O pastor da minha igreja costuma dizer que “a compreensão pode esperar, mas a obediência não“. Ou seja, devemos sempre obedecer a Deus mesmo que não entendamos nada do que acontece conosco.

3º) MUDE A IMAGEM QUE VOCÊ TEM DE SI MESMO

O desânimo de Gideão era tão grande que, mesmo depois de Deus ter falado que estaria ao seu lado, ele “achou” outra desculpa para tentar fugir do que o Senhor havia planejado. Veja:
“’Ah, Senhor’, respondeu Gideão, ‘como posso libertar Israel? Meu clã é o menos importante de Manassés, e eu sou o menor da minha família’” (Juízes 6:15).
Ele se sentia pequeno demais, vindo de uma família muito simples, e por isso ele achava que não poderia fazer nada de tão especial na vida. Quantos de nós também não nos sentimos assim? Por isso quero te dizer que se você não se enxergar com os olhos da fé, você nunca fará nada. Você precisa entender que Deus quer que você dependa Dele e reconheça suas fraquezas, mas não ao ponto de fugir das batalhas que Ele quer que você enfrente.

4º) LEMBRE-SE: DEUS ESTÁ COM VOCÊ

A coisa mais importante que você deve saber na sua caminhada cristã, é que Deus te ama e que Ele nunca vai te abandonar nas horas difíceis. Deus nunca irá te pedir algo, que você não consiga realizar. Basta você ler a Bíblia e você verá muitos exemplos de como o Senhor fez o impossível na vida de pessoas tão comuns, que se sentiam incapazes de realizar a obra de Deus. Veja o que Ele disse à Gideão:
Eu estarei com você”, respondeu o Senhor, “e você derrotará todos os midianitas como se fossem um só homem” (Juízes 6:16).

Percebeu a firmeza das palavras de Deus e o quanto essa promessa parecia impossível de ser realizada? Ele disse que Gideão derrotaria com tanta facilidade que os midianitas seriam derrotados como se fossem apenas um homem. E se você continuar a acompanhar a história de Gideão, você perceberá que ele realmente conseguiu derrotar todos os inimigos de Israel. Ou seja: Deus fez de um homem desanimado, um dos maiores guerreiros que já existiu. Da mesma forma, Deus irá cumprir os propósitos Dele na sua vida. Basta você querer!

COMMENTS (1)
Responder

Palavra pra levantar qlqr um.

Deixe um comentário

Comentário (obrigatório)

“Não saia da vossa boca nenhuma palavra torpe, e sim unicamente a que for boa para edificação, conforme a necessidade, e, assim, transmita graça aos que ouvem.” Efésios 4.29

Nome (obrigatório)
Email (obrigatório)